Sobre leis e investimentos: corporação Empiricus anuncia área de compliance

Os relatórios financeiros elaborados pela empresa Empiricus passaram a ser detalhadamente analisados por uma nova equipe da companhia. Os profissionais que a compõem possuem formação jurídica e decidirão se os conteúdos da marca estão se enquadrando ao que se estabelece na legislação. Quem trouxe o anúncio de tal mudança na organização foi Bettina Rudolph, que tornou-se referência em se tratando de jovens que investem, uma vez que em outra ocasião foi apresentada ao público por meio de um comercial.

Vale salientar que Bettina é profissional de copywriter, mas tem sido mais lembrada por conta de suas realizações no campo dos investimentos. O que a Empiricus procurou fazer, contudo, em virtude de ter novamente trazido a jovem em suas divulgações foi uma espécie de esclarecimento quanto ao patrimônio da colaboradora. Em março de 2019, por exemplo, ela foi destaque nas redes sociais ao contar seus rumos nessa área. A sua volta, entretanto, foi determinada em resposta ao que, segundo ela mesma, deveria ser melhor detalhado em seu capital, que passou a ser de R$ 1 milhão.

A propaganda mencionada atraiu olhares não somente de quem estava querendo enriquecer seu patrimônio, mas também de entidades governamentais que atuam tanto no âmbito da fiscalização, quanto em questões de aconselhamento financeiro. No que tange ao âmbito publicitário, o Conselho Nacional de Autorregulação Publicitária, mais conhecido por sua sigla “CONAR”, efetuou uma análise em relação aos comerciais da marca.

Se no vídeo anterior o foco foi a alavancada dos recursos que Bettina possuía, em sua nova aparição procurou-se dar um destaque maior à realidade comum aos investidores com perfis que se assemelham ao da jovem. Em outras palavras, a investidora apropriou-se da oportunidade para falar que não obteve todo o seu patrimônio somente em face do que teria investido, mas também por conta de recursos que deixou de mencionar na outra ação publicitária da Empiricus.

Após ter entrando em detalhes sobre peculiaridades de sua vida financeira, a investidora destacou os serviços novos que a Empiricus tem prestado. Além disso, atendendo a uma recomendação da CVM a todas as instituições que operam de maneira similar à companhia, surgiu um anúncio, que consistia em alertar os usuários sobre o real risco presente em aportes de investimentos, caso se crie uma relação de condicionalidade entre fatos atuais e passados.

De acordo com o vídeo apresentado pela jovem, a empresa tem voltado o foco de seu trabalho aos trâmites que se referem ao fortalecimento do departamento de compliance. Desse modo, a investidora ressaltou que a organização hoje responde pela maior área desse gênero a estar presente em uma empresa de cunho editorial financeiro.

Conforme explicado ao longo da nova campanha publicitária, a necessidade de haver uma área que se destine somente às questões de compliance é uma realidade para o segmento. Assim como se espera de empresas que trabalham como a Empiricus, Bettina salientou que este tipo de orientação consegue dar maior segurança na hora de se decidir que conteúdos editoriais serão postados, atentando-se aos pormenores de ordem jurídica, bem como todas as leis existentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *