A revolução tecnológica provocou a formação de novas profissões

A revolução tecnológica da informação tem criado e elevado de forma muito rápida a geração de novas de carreiras profissionais, de modo que é fácil observar o interesse dos jovens em se distanciar de profissões típicas, como: médico, engenheiro e advogado. O estranho é notar que até mesmo as atividades costumeiras vinculadas ao esporte, como ser jogador de futebol para a maioria dos meninos e ou artísticas, como, modelo e atriz para as meninas. Com isso, a internet e a integração entre as redes sociais tem dado um grande impulso ao interesse por carreiras profissionais vinculadas à internet, de forma autônoma e até mesmo empreendedora.

Com a possibilidade das pessoas estarem comunicadas praticamente 24 horas por dia, isso atrai cada vez as chances deles manterem uma aproximação virtual próxima, embora o contato físico diminua vertiginosamente. E por meio disso, muitos jovens tem se dedicado ao mundo dos blogs, produção de vídeos, pro-players entre outros. Com o crescimento do número de visualizações de vídeos e conteúdo digital, muitas pessoas tornaram seus hobbies em verdadeiro sustento, e que tem sido bem alto, pois há influenciadores que arrastam milhões de pessoas com eles, que são os seus seguidores. E consequentemente a publicidade acima destes é forte, e assim acumulam cada vez mais dinheiro, e se distanciam das profissões mais ortodoxas.

Uma matéria da Folha de São Paulo mostra notícias que realmente demonstram o recorrente cenário de interesse dos jovens pelas profissões do futuro, que não se configuram em usar um jaleco branco ou ficar sentado horas e horas num escritório esperando dar a hora de ir embora, o que eles desejam mesmo é tornarem-se Youtuber. E assim, ganharem a vida por meio de seus seguidores que os acompanham seja em seus vlogs, que é uma espécie de diário filmado do que eles fazem durante todo o dia, outros preferem fazer receitas culinárias e provar comidas, enquanto que um outro público maciçamente masculino, mas que não é exclusividade desse gênero, pois também há meninas interessadas em comentar jogos de videogame, mostrar feiras de conteúdo geek e todo ou qualquer informação que englobe o mundo dos apaixonados por tecnologia.