Por onde começar o posicionamento do blog

Os blogs temáticos nos oferecem muitas possibilidades quando se trata de seu posicionamento. Temos praticamente total liberdade neles quando se trata de quais tópicos serão abordados, para que possamos escolher frases com diferentes graus de competição e popularidade diferente. Muitas vezes, basta escolher o título certo e as frases mais importantes que devem ser incluídas no conteúdo para fazer com que o artigo “se posicione” – é claro, desde que o domínio seja forte e que novos textos entrem facilmente nos topos. Se o blog for novo, começamos com frases com o menor grau de competição e, com o tempo, passamos gradualmente para um pouco mais difícil, deixando-nos frases médias e possivelmente altamente competitivas na página principal ou nas categorias. Mas vamos começar um por um.

A seleção de palavras-chave para artigos de blog – Como eu disse, se estamos trabalhando em um site completamente novo, devemos começar com frases de baixa concorrência. Frequentemente, eles não têm popularidade impressionante, mas lembre-se de que pode haver dezenas de artigos e que o tráfego orgânico os direcionará todos ou, pelo menos, para os mais importantes e otimizados para SEO.

Se conseguirmos encontrar todo um conjunto de perguntas relacionadas ao tópico de notícias do blog, mesmo com a baixa popularidade de cada frase separadamente, juntos podemos obter muito tráfego da chamada cauda larga. Já podemos ver que, escolhendo o tópico e as palavras-chave corretos para artigos de blog, podemos fortalecer facilmente sua visibilidade nos mecanismos de pesquisa desde o início, mesmo para blogs jovens. Após selecionar a lista de frases, agrupamos- as de modo que cada texto único tenha várias frases atribuídas. Podem ser variações diferentes de senhas mais longas, seus sinônimos ou frases semelhantes que correspondem ao mesmo tópico. Vale apostar em textos mais extensos (de preferência enriquecidos com gráficos, tabelas, fotos, materiais de vídeo ou citações), nos quais será mais fácil incluir todas ou a grande maioria das frases. No entanto, começamos com um título que deve atender às seguintes premissas, deve conter pelo menos uma das frases mais competitivas e populares; deve consistir em cerca de 5-6 palavras, que juntas criarão diferentes combinações de frases.

Quando pagar mais barato para viajar para Buenos Aires?

Viajar é ter um tempo de liberdade para viver os sonhos, muitos brasileiros têm nos sonhos de viagens o destino argentino de Buenos Aires. De acordo com uma pesquisa com o Skyscanner, a capital Argentina está entre as mais preferidas dos brasileiros que não querem gastar muito no mês de outubro. A baixa temporada proporciona diversos benefícios para os  viajantes que não querem se estressar  com filas, e ficarem espantados com os preços salgados típicos da alta temporada. Quanto maior a alta do dólar mais poder de compra tem quem vai gastar por lá, sendo boas notícias com a alta do dólar.

A  pesquisa da plataforma de viagens  analisou o preço para uma viagem de 7 dias, em diferentes destinos da América do Sul, entre eles estão Buenos Aires, Lima no Peru, Montevidéu no Uruguai, San Andrés, ilha colombiana e Santiago no Chile.

O lugar internacional mais barato para viajar é Buenos Aires, que tem os custos de R$ 1670, incluindo voos diretos de ida e volta, com hospedagem de 3 estrelas em hotel, e passeio cultural como uma apresentação de Tango. Além disso, tem os lugares que não exigem custos como os Parques de Palermo, a Casa Rosada que fica no centro, e a região chamada como Parque Francia em Recoleta, onde está a famosa flor Floralis Genérica.

Montevidéu ficou na segunda posição como o lugar mais barato para viajar por 7 dias, chega a menos de 2 mil reais. Para quem quer economizar é importante ficar de olho nos preços de maio e outubro, para quem não tem opção para evitar o mês de dezembro, pagará mais caro, pois é o mês que tem os valores mais altos por conta das datas comemorativas e do Ano Novo.

Santiago, deve ser evitado no mês de julho que fica 36% mais caro, enquanto no mês de outubro os preços caem, chegando a ser o mais barato do ano. Para quem vai para Lima em janeiro, pagará 21% mais caro do que no mês de maio. Na ilha paradisíaca de San Andrés, julho tem a maior alta de preços se comparada ao mês de maio, chegando a 33%.